Header Ads

ad728
  • Últimas notícias

    Projeto de horta hidropônica é lançado em CMEI de Ibiporã

    Cada aluno “adotou” uma muda de alface ou almeirão e acompanhará seu crescimento



    Daqui a cerca de 30 dias os alunos do Complexo Educacional Professora Maria do Carmo Galvão Uille, no Jardim Éden, poderão consumir alface e almeirão fresquinhos, livres de agrotóxicos, e o mais interessante – cultivados por eles mesmos na horta hidropônica suspensa instalada no espaço.
    O lançamento do projeto “Água é Vida”, parceria entre a Secretaria Municipal de Educação e do Trabalho de Ibiporã, ocorreu nesta terça-feira (09) e contou com as presenças do prefeito João Coloniezi, da secretária de Educação, Margareth Coloniezi, da secretária do Trabalho, Maria Romana, assessoras da Secretaria de Educação, alunos, professores e funcionários da instituição.
    A estrutura em canos de PVC foi construída pelo servidor da Secretaria do Trabalho, Elias de Castro e Souza. “Comecei a estudar sobre hidroponia (tipo de cultivo onde raízes das plantas ficam submersas em água com alguns nutrientes que farão com que elas se desenvolvam sem precisar de terra) e encontrei na internet alguns sistemas utilizando canos de PVC. Fiz algumas adaptações e comentei com a secretária do Trabalho, que sugeriu que a estrutura fosse levada às escolas municipais para o desenvolvimento de um projeto de ‘horta pedagógica’, na qual os alunos aprendem a realizar o plantio das hortaliças que, posteriormente, serão usados na preparação da merenda”, explicou Souza.
    Com a ajuda das educadoras, alunos do Pré II plantaram as mudas de alface e almeirão em copos descartáveis que foram utilizados nos prédios públicos. Em cada copo foi colocado o nome do aluno, que acompanhará o crescimento da hortaliça. “A horta hidropônica na escola servirá para trabalharmos vários aspectos na formação da criança, tais como preservação do meio ambiente, cuidado com o que é do outro, o fato de colher algo que plantou com as próprias mãos, a paciência que ela terá que desenvolver para esperar a plantar crescer até chegar ao ponto de ser consumida, alimentação saudável. Estamos muito felizes e esperamos que este projeto possa se estender para todas as instituições”, enfatizou Margareth.
    O funcionamento da horta hidropônica suspensa é simples: os tubos de PVC funcionam como canais de cultivo onde as raízes das plantas recebem a solução nutritiva. A cada 30 minutos um “timer” liga uma bomba d'água que irriga as mudas. “Trata-se de uma tecnologia de produção com baixo impacto ambiental, econômica e que necessita o mínimo de mão de obra. Por estarem livres das variações do clima e de pragas, as verduras se desenvolvem de forma mais rápida do que quando plantadas na terra. Os pés de alface poderão ser colhidos entre 25 e 35 dias. Já pela técnica tradicional, o desenvolvimento é em torno de 70 dias. Outra vantagem é a economia de água, que chega a 80% em relação ao cultivo tradicional”, pontua o servidor.