Header Ads

ad728
  • Últimas notícias

    Recuperação asfáltica do Terra Bonita segue em ritmo acelerado

    Iniciada há pouco mais de 20 dias, cerca de 30% das ruas do bairro já receberam o micropavimento asfáltico. Todo o Residencial receberá a intervenção

    As obras de recape asfáltico no Residencial Terra Bonita estão a todo vapor. Iniciada há pouco mais de 20 dias, cerca de 30% das ruas do bairro já receberam o micropavimento asfáltico. Todo o Residencial receberá a intervenção, num total de 37.701,95 m². Além da melhoria na pavimentação, estão sendo executados os serviços de tapa buraco, limpeza de vias, podas de árvores e desobstrução de bocas de lobo.
    Segundo o secretário de Obras, Alexandre Ferreira, a previsão de término das obras é de 30 dias. “Há 20 anos o Terra Bonita não recebia recape asfáltico. Mesmo não contando com o recurso estadual prometido na gestão anterior, a administração municipal está honrando com o compromisso assumido com os moradores do bairro anteriormente e empregando recursos próprios na obra”, ressalta o secretário.
    O recape asfáltico no Terra Bonita está contemplado no cronograma de pavimentação – divulgado pelo governo municipal no final de março - de várias ruas em 12 bairros de Ibiporã para os próximos seis meses. Segundo o Contrato de Rateio com o Consórcio Público Intermunicipal de Inovação e Desenvolvimento do Estado do Paraná (Cindepar), são 121.500 m² de recape, no valor de R$ 1.195.156,50. “É uma grande obra, com alto investimento, melhorando as condições de trafegabilidade, além de assegurar a segurança e conforto dos pedestres e motoristas”, enfatiza o prefeito João Coloniezi.
    Neste momento também estão sendo concluídas as obras de micropavimento na Rua Ezequiel Jorge (Conjunto Las Vegas), Ruas Salvatino Daminelli, Clarinda Cevem de Paula e Avenida José Willibaldo Colling (Conjunto Habitacional Ângelo Maggi), Jardim Cinquentenário e Rua Alcides Tonon (Conjunto Antonio Frederico).

    Mais de R$ 4 milhões em recape

    Desde 2017, o governo municipal já recapeou mais de um milhão de m² de vias do município, totalizando investimentos de mais de R$4 milhões. No cronograma de obras foram contempladas tanto vias centrais como nos bairros. Reivindicações antigas dos moradores foram atendidas, como a Avenida Paraná, a Rua Porecatu, no Jardim San Rafael, Jardins John Kennedy, Santa Paula, Cinquentenário, Pedro Esplendor, Recanto Tibagi e Serraia.
    Vias com tráfego mais pesado receberam tratamento com Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ). Já as ruas da maioria dos bairros estão recebendo o micropavimento, adquirido junto ao Cindepar. Esta técnica de recapeamento asfáltico é mais rentável e eficiente, sendo executada com a aplicação da mistura asfáltica a frio. Por conter polímeros em sua composição, o micropavimento impermeabiliza a via, aumentando a durabilidade do asfalto. Este pavimento que estamos fazendo em toda a cidade é para preservar nossa malha viária por cerca de oito anos”, assegura o prefeito João Coloniezi.

    O prefeito acrescenta que a recuperação das vias por meio da contratação de serviços prestados pelo Cindepar é muito importante, “pois agiliza o processo e a execução das obras de asfalto, além de barateá-las.” Com o Consórcio, cada metro quadrado de asfalto custa entre R$ 5,50 a R$ 7,90 o metro quadrado aos cofres públicos; sem a parceria com o Cindepar o custo à Prefeitura seria de R$ 25 por m². A diferença de valores demonstra o benefício econômico que o Consórcio proporciona.



    de Caroline Vicentini - Núcleo de Comunicação Social – PMI










    Núcleo de Comunicação Social